Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Orientações sobre estágio
Início do conteúdo da página

Orientações de estágio

Publicado: Quarta, 13 de Setembro de 2017, 16h34 | Última atualização em Quarta, 13 de Setembro de 2017, 16h40

Estágio do Curso Superior em Tecnologia em Logística

O estágio supervisionado não é de carácter obrigatório e seguirá as leis que o regem. O discente que optar por sua realização deve escolher um docente para acompanhar e orientá-lo durante a sua execução. O estágio não obrigatório poderá ser desenvolvido em qualquer semestre do curso.

As orientações sobre o estágio deverão ser requeridas pelo discente junto `a Diretoria de Ensino, Pesquisa e Extensão do campus. Como fruto do estágio, o aluno poderá utilizar sua vivência nas atividades realizadas como atividade complementar. As regras de orientação e avaliação serão regidas pelo Regulamento Geral de Estágios do IFES - Resolução CS nº 28/2014, com sua caracterização exposta no Capítulo I:

“Art. 2º O estágio é considerado um ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente do trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam frequentando o ensino regular na Educação Profissional, Técnica de Nível Médio e na Educação Superior, oferecido pelo Ifes nas modalidades presencial e a distância.

§ 1º O estágio faz parte do projeto pedagógico do curso, além de integrar o itinerário formativo do educando.

§ 2º O estágio visa ao aprendizado de competências próprias da atividade profissional e à contextualização curricular, promovendo:

I. o relacionamento dos conteúdos e contextos para dar significado ao aprendizado;

II. a integração à vivência e à prática profissional ao longo do curso;

III. a aprendizagem social, profissional e cultural para o desenvolvimento do educando para a vida cidadã e para o trabalho;

IV. a participação em situações reais de vida e de trabalho em seu meio;

V. o conhecimento dos ambientes profissionais;

VI. condições necessárias à formação do aluno no âmbito profissional;

VII. familiarização com a área de interesse de atuação do futuro profissional;

VIII. contextualização dos conhecimentos gerados no ambiente de trabalho para a reformulação dos cursos.

IX. a inclusão do aluno com necessidades específicas no mercado de trabalho.”

 

Documentos:

1_-_ Encaminhamento de estágio não-obrigatório.odt

2_-_termo_compromisso_estagiário.odt

3_-_plano_de_estágio.odt

4_-_Relatório_Periódico_de_Estágio.doc

5_-_Termo_Aditivo_de_Estágio.doc

6_-_Termo_de_Rescisão_de_Estágio.doc

7_-_Termo_de_Convênio_-_Escola_Unidade_Concedente.doc

8_-_Termo_de_Convênio_-_Agente_Integração.doc

9_-_Relatório_Final_Estagiário.doc

10_-_Relatório_Final_Empresa_-_Estagiário.doc

 

Fim do conteúdo da página